OLÁ, SEJAM BEM-VINDOS

Com grande esforço e dedicação na construção do meu primeiro blog - AULAS100 Ensinando Informação e Conhecimento (http://aulas100.blogspot.com/) - em 28 de abril de 2009, obtive resultados bastante satisfatórios, comprovados pelo selo TOP100/2009 que ganhei, graças aos votos dos leitores que gostaram do meu espaço educativo.

O incentivo me levou a elaborar a Sala de Reflexão para a divulgação de textos sobre o amor em todos os sentidos e valor educacional na escola e na família, com o objetivo de elevar a autoestima e restaurar o equilíbrio emocional.

22/10/2011

A dificuldade em dizer NÃO

Cada vez mais tenho visto que as pessoas têm dificuldade em ouvir um não, têm dificuldade de entender que as coisas nem sempre podem ser da forma como sonham. E é difícil lidar com as frustrações dessas pessoas depois.

Antigamente existiam, em grande massa, famílias orgulhosas por terem filhos corretos que reconheciam os limites impostos pelos pais. Sabiam aplicar o poder do não para que pudesse ser passada de geração em geração. Esses ensinamentos fazem a juventude pensar muito antes de tomar qualquer decisão, não se deixando levar pelo impulso, precisando de mais tempo para dar a palavra final.

Hoje o núcleo familiar se perde mais e mais, as pessoas gritam, não têm educação, falam palavrões constantemente devido à falta de conteúdo, e aí o filho repete o que os pais falam e o que fazem. É esse então o exemplo que deve ser deixado para os nossos filhos?

Quando os pais não chamam a atenção deles, estes acabam não sabendo administrar a falta de maturidade, a insegurança e os medos que terão de enfrentar nesse mundo malicioso. E o resultado: vão querer tudo de mãos beijadas, por não terem conhecido o verdadeiro papel do que é se esforçar, de arregaçar as mangas para construir uma mentalidade mais centrada e andar com as próprias pernas, enfim, características essas que fazem parte do indivíduo que não aceita um não como resposta.


0 comentários :

Postar um comentário

Assuntos anteriores